Uma avaliação quantitativa dos candidatos a presidência

Diante da falta de candidatos que fossem claramente melhores e apresentassem propostas que fossem nitidamente ao encontro dos meus ideais, me vi obrigada a fazer o que eu deveria ter feito em todos os anos e o que todo eleitor deveria fazer: pesquisar bastante meus candidatos e suas propostas.

Para escolher um candidato, defini um método que consiste em:

  1. Definir quais critérios são importantes para mim e o que eu acho importante dentro de cada um, além de ponderar os critérios de acordo com sua importância;
  2. Ler as propostas e reportagens a respeito dos planos de governo que julgasse que agregaria valor;
  3. Dar nota para cada candidato em cada critério (0, 1 ou 2) e definir candidato.

Pois bem, segue minha análise seguindo os passos acima:

  1. Definição de critérios e pesos
Critério Peso O que é importante para mim
Educação 20% Melhorar a qualidade da educação e não a quantidade e a valorização do professor.
Saúde 20% Atuar na prevenção a longo prazo e na qualidade do serviço público e privado no curto/médio prazo. Valorizar os médicos para melhorar o serviço.
Meio Ambiente 15% Dar a devida atenção ao tema entendendo que problemas sociais como a falta de água são oriundos de questões ambientais.
Segurança 10% Redução da maioridade penal e valorização das polícias. Educação como base da redução da violência.
Economia 20% Proposta factível e menos arriscada para corrigir os rumos da inflação e do crescimento do país, especialmente com foco em redução dos gastos do governo.
Corrupção e igualdade social 15% Combate efetivo da corrupção e evolução de políticas sociais “ensinando a pescar ao invés de só dar o peixe”.

 

  1. Avaliação dos planos de governo dentro dos critérios estabelecidos

De uma forma geral, o plano de governo da presidenta Dilma fala mais sobre os 12 anos de governo do PT que das propostas propriamente ditas para os próximos 4 anos. Não possui um sumário que possibilite o fácil encontro das informações e seu maior detalhamento está nas políticas sociais. O plano de governo do candidato Aécio Neves possui sumário e está bem detalhado, especialmente na parte econômica. O plano de governo da candidata Marina Silva é bem maior que os dois anteriores, apresenta muitas propostas e está bem detalhado especialmente na parte de sustentabilidade e políticas ambientais.

EDUCAÇÃO

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio
  1. Investimento de 10% do PIB no setor;
  2. Política de incentivos salariais a professores baseados no desempenho dos alunos;
  3. Base Nacional Comum para os currículos da educação básica dos sistemas de ensino estaduais e municipais, estabelecendo com clareza e objetividade o que é básico e indispensável que todos os alunos brasileiros aprendam em cada ano e etapa de escolaridade obrigatória;
  4. Implantação da Escola Jovem, com modelos mais leves, flexíveis e

diversificados de percursos escolares no ensino médio;

  1. Atribuição de transparência e objetividade aos critérios de repasse de recursos aos estados, com base no cumprimento de metas previamente acordadas.
  2. Criação de um programa nacional de assistência técnica aos estados e

municípios, de forma a incentivar o uso dos resultados das avaliações

externas na melhoria da sala de aula e no avanço do desempenho dos alunos, a partir de estratégias que articulem metas por escola, ações de natureza pedagógica e prêmio de produtividade pelas metas alcançadas.

O que eu mais gostei:Da utilização de resultados de avaliações externas para a melhoria do desempenho dos alunos, e da flexibilização dos currículos, o que poderia melhorar a qualidade da educação com atribuição de metas por escola, ações de natureza pedagógica e prêmio de produtividade pelas metas alcançadas. Trabalhar com metas, monitoramento e controle é sempre a melhor forma de alcançar resultados.

 

Ponto de atenção:

Política de incentivos salariais a professores deve ser bem estruturada para que os pagamentos sejam realizados nas datas prometidas e não gerem greves como aconteceu no estado de Minas. Apesar disso, considera-se que o programa foi bem sucedido.

2 

Trás valorização dos professores e foco na qualidade, os dois pontos que julguei importantes.

Dilma – Investimento de 75% dos royalties do petróleo e 50% dos excedentes em óleo do pré-sal;- Educação em tempo integral de 20% da rede pública até 2018;

– Melhores salários e formação de professores.

O que eu mais gostei:– Meta traçada para a educação em tempo integral (é proposta de todos os candidatos, mas só este plano tem uma meta quantitativa). Aumento do salário dos professores. Além de manutenção de programas de sucesso como ciência sem fronteiras, prouni, fies etc.

 

Ponto de atenção:

Na minha opinião, não dá foco adequado na melhoria da qualidade da educação, apesar de dizer que esta será a base do seu governo. Suas propostas continuam pautadas em acesso e não em qualidade. A prova disso é que o último índice que mede a educação do ensino médio no Brasil declarou piora no resultado de 16 estados no seu governo.

1 

Teve muitos avanços no seu governo, mas precisa evoluir no quesito qualidade.

Marina – Ampliação de investimentos de 1,1% para 2% do PIB para ciência e tecnologia;- Estimular a criação de planos de carreira e salários do professor em todos os estados e municípios tendo como referência as boas práticas já existentes;

– Garantir uma alimentação saudável;

– Erradicar o analfabetismo absoluto e avançar na superação no analfabetismo funcional

O que eu mais gostei:– Plano de carreira como valorização dos professores e, principalmente, superação no analfabetismo funcional. É muito bonito o governo dizer que reduziu drasticamente o analfabetismo, quando na prática o que se vê são crianças avançarem de série sem saberem o que deveriam.

 

Ponto de atenção:

Propostas pouco quantitativas.

 

1 

Apesar de abordar os dois pontos, é pouco específica.

 

SAÚDE

Segundo a Organização Mundial da Saúde -OMS, os países, em 2010, destinaram em média 5,4% do PIB com gasto público em saúde, e os países da OCDE, 7,6%. O Brasil destinou apenas 4,1%.

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio – Instituição da carreira nacional de médicos.- Fortalecimento e ampliação do Programa Saúde da Família – PSF – estruturando-o como “porta de entrada” do SUS e garantindo que este atenda a todas as necessidades de promoção, prevenção e atenção básica da população brasileira.

– Fortalecimento, modernização e profissionalização da Agência Nacional de

Saúde Suplementar, para dar maior garantia e homogeneidade aos direitos dos usuários dos planos de saúde.

– O aumento dos recursos para a saúde se dará através de duas fontes principais –quantitativa e qualitativa: o crescimento do financiamento público e o aumento da eficiência na gestão das políticas do setor.

– 10% da Receita Corrente Bruta (RCB) da União para o setor

– Combate ao aumento da obesidade

– Apoio à melhora da qualidade dos alimentos oferecidos nas escolas e promoção da alimentação saudável no meio escolar.

– Promoção da retomada já no primeiro ano de governo, em caráter emergencial, em parceria com os estados, municípios, entidades médicas e com a sociedade, dos mutirões para reduzir as filas de espera de cirurgias eletivas.

O que eu mais gostei:– Provê a valorização dos médicos;

Atua na prevenção, ponto que não é citado nas propostas do atual governo. Fala sobre promoção de alimentação saudável, que é a base de tudo, especialmente nas escolas (hoje em dia o lixo da alimentação está nas cantinas das escolas, alimentação industrializada e de péssima qualidade nutricional, que promove doenças a longo prazo e oneração do setor de saúde do país!);

– Visa eficiência na gestão do setor;

– Promete investimento baseado na receita bruta (que é quase o dobro da líquida), portanto, aumenta os investimentos;

– Combate a obesidade;

– Atua nos planos de saúde.

 

Ponto de atenção:

NÃO TENHO. Ponto pro Aécio no quesito saúde!

 

2 

Excelente, valoriza médicos, atua na PREVENÇÃO e AUMENTA INVESTIMENTO.

Dilma – Investimento de 15% da Receita Corrente Líquida (RCL);- Expansão do Programa Mais Médicos;

– Ampliação da rede de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) destinadas ao atendimento de emergências de baixa e média gravidade;

– Extensão das redes de atendimento especializado, com a qualificação dos serviços hospitalares;

– Fortalecimento e a universalização do SAMU;

– Ampliação do acesso da população a medicamentos;

– Foco nas especializações.

O que eu mais gostei:– Fortalecimento e a universalização do SAMU

 

Ponto de atenção:

Baixo investimento em saúde. Nenhum foco em prevenção.

Nenhuma proposta de valorização dos médicos.

Nenhuma atuação em planos de saúde que andam fazendo o que querem com a população que tenta fugir no SUS e ainda cobram preços abusivos.

 

 

0 

Assim como no governo anterior, propostas que sucateiam a saúde do país. Nota zero pra presidenta.

Marina – Articular os programas de prevenção e promoção da saúde para que se possachegar a um modelo de atenção integral à saúde;

– Atuar nas causas dos problemas da saúde;

– Aumentar a participação do governo federal, aumentando os gastos federais com ações e serviços públicos de saúde;

– Base do investimento na Receita Corrente Bruta (RBC) da União – quanto???

– Ter a Atenção Básica como eixo estruturante da organização e articulação de ações, como condição para o acesso de complexidades mais altas, exceto pelas

emergências médicas.

– Fortalecer e aprimorar o Programa Saúde da Família (PSF), visando estimular

o potencial humanizador do cuidado no atendimento, assim como promover

a formação de profissionais de saúde nesse sentido, com prioridade para médicos generalistas, enfermeiros, assistentes sociais e agentes comunitários.

– Promover a alimentação saudável, com a inserção dos profissionais de nutrição

nas equipes de apoio do PSF e Unidades Básicas de Saúde.

 

O que eu mais gostei:Atua na prevenção, ponto que não é citado nas propostas do atual governo. Fala sobre promoção de alimentação saudável, que é a base de tudo, especialmente nas escolas (hoje em dia o lixo da alimentação está nas cantinas das escolas, alimentação industrializada e de péssima qualidade nutricional, que promove doenças a longo prazo e oneração do setor de saúde do país!);

– Visa eficiência na gestão do setor;

– Promete investimento baseado na receita bruta (que é quase o dobro da líquida), portanto, aumenta os investimentos.

 

 

Ponto de atenção:

– É pouco específica na valorização dos médicos;

– Não diz quanto da RBC será investido;

– Não atua nos planos de saúde.

 

1 

Apesar de abordar todos os pontos, em comparação com a melhor proposta, fica com nota intermediária.

 

MEIO AMBIENTE

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio – Foco em energia de baixo carbono;- Incentivo à microgeração distribuída, de forma a permitir que o cidadão possa gerar parte de seu consumo próprio através do uso da energia solar e eólica;

– Ampliação da participação da energia solar e da energia eólica na matriz energética brasileira;

– Adoção de um modelo de governança matricial, atribuindo responsabilidades ambientais às instâncias governamentais encarregadas das políticas setoriais, com metas de qualidade ambiental a serem cumpridas.

O que eu mais gostei:Atribuição de responsabilidades ambientais às instâncias governamentais encarregadas das políticas setoriais, com metas de qualidade ambiental a serem cumpridas. Trabalhar com metas, monitoramento e controle é sempre a melhor forma de alcançar resultados.

 

Ponto de atenção:

Não fala nada sobre educação ambiental, que é a base de tudo.

 

1 

Trabalha com metas que é a melhor forma de alcançar resultados. Apesar de ser um bom plano, ainda é inferior ao da Marina neste quesito.

 

Dilma – Aprofundamento do processo de modernização do licenciamento ambiental;- Redução de emissões, combate do desmatamento, em especial na Amazônia, e aceleração da implementação dos planos setoriais previstos no Plano Nacional de Mudança Climática;

– Negociações climáticas internacionais;

– Cadastro Ambiental Rural – peça fundamental do novo Código Florestal;

– Economia de baixo carbono e a aposta no uso de recursos naturais.

 

O que eu mais gostei:– Assim como o Aécio, busca a economia de baixo carbono.

 

Ponto de atenção:

Na minha opinião, não dá foco adequado as questões ambientais, além de ter aprovado o novo código florestal que mais prejudicou que ajudou o meio ambiente.

 

 

0 

Não deu a devida atenção ao meio ambiente e prevenção de desastres ambientais e falta de água no seu governo, tampouco apresenta propostas sólidas que visem a prevenção.

Marina – Propor incentivos econômicos (tributários, fiscais, creditícios) para atividades econômicas sustentáveis e serviços socioambientais estratégicos como agroecologia, biotecnologia, energias renováveis, mobilidade urbana etc;- Criar programa público de compensação financeira a comunidades tradicionais e agricultores familiares por serviços de preservação de recursos naturais e conservação da biodiversidade;

– Estruturar um programa de educação ambiental, componente essencial e permanente da educação, que efetivamente amplie a consciência da sociedade sobre as múltiplas questões que envolvem nossa relação com o meio ambiente e com o processo econômico, para difundir hábitos de vida mais sustentáveis e padrões de consumo que sinalizem preferências por produtos que tenham melhor desempenho ambiental;

– Geração de empregos verdes;

– Promoção da recuperação das Áreas de Preservação Permanente em todos os

biomas como estratégia de geração de atividade econômica.

O que eu mais gostei:– Plano bem detalhado;

– Educação ambiental, atua na prevenção! É sempre melhor atuar nas causas!;

– Alia questões ambientais a geração de atividade econômica, uma forma muito interessante de difundir um programa ambiental.

 

Ponto de atenção:

Não diz a quantidade de recursos que será destinada.

 

2 

Plano bem detalhado e atua na prevenção, o que é muito importante no longo prazo.

 

SEGURANÇA

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio – Redução da maioridade penal;- Apoio a projetos de educação e formação profissional em tempo integral nas áreas de maior vulnerabilidade em relação à segurança;

– Proposição de um conjunto de medidas legislativas, sugeridas por grupos de juristas de excelência, visando a qualificação dos diversos projetos relativos à Lei Processual Penal e à Lei de Execução Penal, em tramitação no Congresso Nacional, para combater a impunidade;

– Apoio à criação e ampliação dos processos eletrônicos nos tribunais para tornar os processos penais mais céleres;

– Apoio a inovações gerenciais que visem integrar e otimizar as ações das polícias brasileiras, bem como introduzir mecanismos de incentivos com base em resultados.

– Criação de políticas de valorização, apoio, aperfeiçoamento e qualificação de policiais federais e estaduais e dos demais integrantes dos sistemas de segurança pública;

– Criação do Fundo de Valorização da Polícia, para apoio aos policiais civis e militares dos Estados, com o estabelecimento de metas para a transferência de recursos e a publicidade das metas e dos resultados obtidos;

– amplo programa de combate as drogas (há um item inteiro no plano de governo).

O que eu mais gostei:– Redução da maioridade penal;

– projetos de educação e formação profissional em tempo integral nas áreas de maior vulnerabilidade: educação é a base!;

– Atribuição de metas para transferência de recursos. Trabalhar com metas, monitoramento e controle é sempre a melhor forma de alcançar resultados;

– Esforço para tornar processos mais céleres;

– Além de considerar a redução da maioridade penal, cita projetos relativos à lei processual e de execução, sendo mais amplo e mais importante;

– Políticas de valorização dos policiais.

 

Ponto de atenção:

Não tenho.

 

2 

Trabalha com prevenção e metas, forma eficiente de gestão.

 

Dilma – Ampliar a presença do Estado em territórios vulneráveis, por meio do incentivo à adesão dos Estados ao Programa Brasil Seguro e ao Programa Crack, é Possível Vencer;- Criação da Academia Nacional de Segurança Pública, para formação conjunta das polícias, formulação e difusão de procedimentos operacionais padronizados e formação de analistas;

– Continuidade do processo da integração das instituições de segurança pública no País.

O que eu mais gostei:– Incentivo ao programa Brasil Seguro, que serve para enfrentar o crime organizado, apoiar ações estruturantes na área de perícia e investigação policial, para fortalecimento do arcabouço probatório e implantar e fortalecer a polícia ostensiva e de proximidade, incluindo o monitoramento e a ocupação de áreas onde são registrados os maiores índices de crimes violentos nas unidades federadas.

 

Ponto de atenção:

– Continua trabalhando na consequência e não na causa;

– Não menciona mudanças na lei.

 

1 

Propostas pouco sustentáveis. Foi bem na pacificação de favelas, porém continua atuando não atuando nas causas.

Marina – Promover um modelo de gestão para a segurança com foco em resultados, que estabeleça e implemente rotinas processos e práticas voltados para a formulação, implementação, monitoramento e avaliação das políticas públicas de segurança;- Criar um Programa Nacional de Capacitação Policial, para desenvolver um padrão de ensino e treinamento de policiais mais uniforme nas academias de formação;

– Promover penas alternativas, justiça restaurativa para a superação de conflitos e penas de restrição da liberdade como alternativas às penas de privação à liberdade;

– policiamento de fronteira;

– combate ao crack;

– Reorientar o sistema penitenciário nacional para o cumprimento efetivo da Lei de Execução Penal.

O que eu mais gostei:– Modelo de gestão com foco em resultados;

– ações para cumprimento efetivo da lei de execução penal.

 

Ponto de atenção:

Também atua pouco na prevenção e não propõe a rediscussão de leis.

 

1 

Atua pouco na prevenção.

 

ECONOMIA

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio – combate a inflação com foco no centro da meta e com livre flutuação do câmbio;- abertura comercial com diversificação dos parceiros comerciais e revisão das regras do Tratado do Mercosul;

– reforma tributário e criação de cadastro único.

O que eu mais gostei:– abertura comercial;

Ponto de atenção:

– Deixar o câmbio livre pode torna-lo mais alto, tendo impacto inflacionário direto;

– não cita como fará a reforma. “O mais importante seria aumentar os impostos sobre o patrimônio, tornar a tributação mais progressiva, principalmente no patrimônio de luxo e de grande fortunas. Atualmente, na prática quem paga muito imposto são os pobres, porque as tributações são concentradas em bens – se paga imposto alto pelo que se compra. E as compras em relação à renda são maiores para os mais pobres”

 

1 

Apresenta uma proposta de redução da inflação sem recessão, porém arriscada.

Não cita corte de gastos.

 

Dilma – Criação do Supersimples;- reforma tributário e criação de cadastro único. O que eu mais gostei:– Criação do supersimples.

 

Ponto de atenção:

– O mais grave é a presidenta afirmar que não há problemas com os gastos públicos. “A presidente e candidata Dilma Rousseff se valeu de dados errados sobre a dívida pública para negar a necessidade de um “choque fiscal”, ou seja, de um corte amplo e imediato nos gastos do governo.

Dívida pública brasileira, estimada em 66,7% do PIB, é a maior entre os principais emergentes. União, Estados e municípios pagam a cada ano o equivalente a 5% do PIB em juros, uma proporção raríssima no mundo. Levantamento com dados de 2011 apontou que só Grécia e Líbano pagavam mais em encargos da dívida pública”;

– A política de inflação alta para manter os níveis de emprego também não é sustentável a medida que inflação alta destrói o poder de compra das pessoas;

– não cita como fará a reforma. “O mais importante seria aumentar os impostos sobre o patrimônio, tornar a tributação mais progressiva, principalmente no patrimônio de luxo e de grande fortunas. Atualmente, na prática quem paga muito imposto são os pobres, porque as tributações são concentradas em bens – se paga imposto alto pelo que se compra. E as compras em relação à renda são maiores para os mais pobres”

1 

Propostas pouco arriscada de contenção da inflação, mas deixa o país em recessão. Não cita corte de gastos!

Marina – criação de um conselho independente para monitorar as contas do governo – cumprimentos de metas fiscais e qualidade dos gastos públicos (28 países já adotam a prática);- criação de um BC autônomo com foco na geração de empregos;

– resgate da credibilidade do sistema de metas da inflação;

– manutenção da taxa de câmbio livre, sem a intervenção do BC;

– Retração de cargas para as empresas, corte de gastos públicos.

 

O que eu mais gostei:Conselho para monitorar as contas do governo. Muito necessário!!!

redução de gastos públicos (única que falou, enquanto os gastos do governo aumentam exponencialmente, apesar de não ter citado onde os cortes ocorrerão)

 

Ponto de atenção:

– a proposta de resgatar o sistema de metas da inflação e de um BC gerador de empregos não é coerente, pois o BC autônomo teria como única missão manter a inflação dentro de seus patamares, mesmo que para isso tivesse que aumentar os juros e manter o país em uma recessão;

– não diz onde ocorrerão cortes em gastos públicos;

– não cita como fará a reforma. “O mais importante seria aumentar os impostos sobre o patrimônio, tornar a tributação mais progressiva, principalmente no patrimônio de luxo e de grande fortunas. Atualmente, na prática quem paga muito imposto são os pobres, porque as tributações são concentradas em bens – se paga imposto alto pelo que se compra. E as compras em relação à renda são maiores para os mais pobres”

1 

Cita corte de gastos e fiscalização das contas públicas! Porém a proposta é muito arriscada.

Não consegui sentir firmeza em nenhuma das propostas relativas a correção no rumo da economia do país.

CORRUPÇÃO E IGUALDADE SOCIAL

Candidato Propostas Avaliação Nota
Aécio 1- Adoção do Índice de Pobreza Multidimensional – IPM – do Programa dasNações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD – que mede a pobreza a partir das privações de saúde, educação, moradia e qualidade de vida: interessante porque para de medir a pobreza somente em renda e passa a medir também em outros serviços.

– Inclusão das famílias pobres no mundo de trabalho e renda;

– Criação de novas combinações programáticas na atenção às famílias, assim como inovação em rotas de aprendizagem que permitam às famílias construir efetivas oportunidades de vida com maior autonomia;

– Adoção de metodologia que classifique o risco social de uma família, como instrumento para o desenvolvimento de ações que permitam a uma família vencer suas privações;

– Adoção de programas de apoio às “startups” no Brasil.

O que eu mais gostei:– Adoção do IPM que leva em consideração educação, saúde, moradia e qualidade de vida para dizer que não há pobreza! E não somente a renda oriunda de uma bolsa;

– Inclusão das famílias pobres no mundo de trabalho e renda, ótimo! Não dá só para dar o peixe, os programas precisam evoluir para ensinar a pescar!!

– maior autonomia das famílias.

 

Ponto de atenção:

– Diz que vai contra a corrupção, mas não diz o como. Além disso, não é um partido exemplo em combate a corrupção,

1 

“Ensina a pescar”, mas não detalha como vai combater a corrupção, somente cita rapidamente o tema.

Dilma – Mais recursos para o CRESCER, programa de microcrédito produtivo orientado para facilitar o acesso dos pequenos empreendedores aos recursos necessários para abrir, manter e expandir seus negócios;- Será incentivada a ampliação da presença de micro e pequenos empreendedores nos cursos, em especial de gestão, na segunda fase do PRONATEC;

– A continuidade da implementação do Viver sem Limite irá garantir igualdade de oportunidades aos brasileiros e brasileiras com deficiência, com ações de acesso à educação, atenção à saúde, inclusão social e acessibilidade;

– institucionalização de um organismo com o objetivo de traçar políticas e formular propostas unificadas de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro, – a Estratégia Nacional de Combate a Corrupção e Lavagem de Dinheiro – ENCCLA; a nomeação de Procuradores da República que garantiram, de fato, a plena autonomia funcional ao Ministério Público Federal; a instituição da Comissão da Verdade, que exerce o papel histórico de resgatar a memória dos brasileiros que lutaram contra a ditadura militar.

 

O que eu mais gostei:– Programa viver sem limite – plano nacional dos direitos das pessoas com deficiência.

 

Ponto de atenção:

– A presidente disse que o governo está adaptando mais de 900 mil casas para pessoas com deficiência. Mentira! São pouco mais de 11 mil;

– Não esclarece como as políticas de enfrentamento da pobreza e desigualdade serão ampliadas e aprofundadas de forma sustentável. O programa bolsa família foi um grande passo, mas não é suficiente e não deve ser moeda de troca de votos;

– Com relação ao combate a corrupção, a pizza dos mensaleiros, que mesmo julgados e condenados, continuam em liberdade, e o escândalo da Petrobrás, além de outros tantos depõem contra a candidata. Além disso, a candidata diz que deu força a polícia federal, porém em seu governo o número de investigações caiu para menos da metade, o que é contraditório.

– Comissão da verdade para resgatar a memória de quem lutou contra a ditadura?!

0 

Não trás medidas claras de sustentabilidade de programas sociais como o bolsa família. E o histórico do quesito corrupção depõe contra a candidata.

Marina – Apoiar programas e projetos que estimulem a criação de microempreendimentos, potencializando talentos e necessidades locais e, ao mesmo tempo, que responda aos anseios da economia contemporânea. Transformar em política de estado, o que permite compatibilizar a dimensão do problema;- Mobilizar e atrair o setor empresarial e as organizações não governamentais

para participarem do esforço de erradicação da pobreza no Brasil, por meio da associação à execução de políticas e programas sociais

integrados.

O que eu mais gostei:– Associa o setor empresarial a execução dos programas sociais;

 

 

Ponto de atenção:

– Diz que vai contra a corrupção, mas não diz o como;

alterou seu plano de governo pressionada por pastor. “Na página 216, constava que a candidata defendia “apoiar propostas em defesa do casamento civil igualitário” e a “aprovação dos projetos de lei e da emenda constitucional em tramitação, que garantem o direito ao casamento igualitário na Constituição e no Código Civil”. A campanha, entretanto, decidiu recuar e optou por uma redação mais genérica: “Garantir os direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo”.”

 

0 

Apesar de abordar os dois pontos, é pouco específica. A alteração do plano pesou na sua nota com relação a igualdade social.

Outros pontos não avaliados acima:

Com relação a atual presidenta, me desagradou totalmente a sua participação nos debates, sempre fugindo dos temas polêmicos, sendo evasiva e não respondendo as perguntas.

  1. Resultado dos candidatos

A nota em cada critério é o resultado da nota do candidato vezes o peso do critério. O total é a soma das notas em todos os critérios.

Candidato Educação(20%) Saúde(20%) Meio ambiente (15%) Segurança(10%) Economia (20%) Corrupção e igualdade social (15%) Total
Dilma 0,2 0,0 0,0 0,1 0,2 0,0 0,5
Aécio 0,4 0,4 0,15 0,2 0,2 0,15 1,5
Marina 0,2 0,2 0,3 0,1 0,2 0,0 1,0

Assim, quantitativamente meu voto vai para Aécio. Na hipótese dele não ir a segundo turno, fico com a Marina.

Os planos de governo dos candidatos podem ser acessados na íntegra nos links abaixo:

Dilma: http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/BR/candidato/280000000083/idarquivo/194?x=1409866177000280000000083

Aécio: http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/BR/candidato/280000000085/idarquivo/229?x=1410877536000280000000085

Marina: http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/BR/candidato/280000000121/idarquivo/363?x=1410369872000280000000121

Além dos planos, consultei também o site http://apublica.org/truco/ que é um projeto interessantíssimo que avalia e checa informações do prometido e dito nos programas eleitorais. Uma prestação de serviço incrível a sociedade.

O blog http://dinheiropublico.blogfolha.uol.com.br/ ajudou na parte das análises econômicas.

No mais, espero ter ajudado. Estou fazendo o mesmo para governador, senador e deputados e divulgarei ao longo da semana. A informação está muito acessível, temos que fazer a nossa parte. Boa eleição a todos!

 

Anúncios

10 opiniões sobre “Uma avaliação quantitativa dos candidatos a presidência

  1. Muito boa esta exposição de idéias. Uma Bela Engenheira de produção; não só de produção de Pesados, mas de idéias diversificadas que nos ajudam com o seu dia-a-dia e nos ajuda no nosso. É realmente recomendado a todos, e que continue colaborando com o nosso crescimento. Bom dia para você.

  2. Parabéns Maisa!!! Muito boa a avaliação!!! Seus comentários e idéias aqui expostos ajudaram muito. Grande abraço do amigo, Cláudio Brandini.

  3. Eu vou considerar que algumas coisas passaram por desinformação e não por um PSDBismo disfarçado de neutralidade (o que é comum encontrar por ai). Não acho que se deva escolher voto apenas lendo programa de governo (o papel aceita tudo), deve-se considerar tbem as práticas e história política. Vamos a alguns pontos:

    EDUCAÇÃO: O Governo brasileiro já aprovou o PNE que visa investimento de 10% do PIB na educação. Ainda é um tema de grande discussão, uma vez que o prazo para investimento é de dez anos e muitos especialistas acreditam ser um prazo curto (http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2014-06-23/dilma-sanciona-pne-na-quarta-e-maior-desafio-sera-destinar-10-do-pib-para-area.html). Fico me perguntando como Aécio fará essa mágica em quatro anos.

    SAÚDE: Não é verdade que não haja foco em prevenção no programa da Dilma. Esse é um dos grandes focos do programa Mais Médicos. Você pode até não concordar que é a melhor forma, mas existe foco em prevenção e atenção primária, sim (http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/acoes-e-programas/mais-medicos/mais-sobre-mais-medicos/5953-como-funciona-o-programa). Além disso, você cita que o investimento proposto por Dilma é baixo e do Aécio você coloca em negrito como pontos fortes. Atualmente 15% da RCL (proposto por Dilma) equivale a cerca de 8,5% da RCB (Aécio prevê 10 %). Como que vc chegou a esse critério de que 1,5% de diferença é o suficiente para um ser considerado ideal e o outro pouco? O terceiro ponto que se deve considerar é que a melhoria da saúde passa sim por valorização de médicos, mas existem muitos outros profissionais de saúde que estão nesse meio e que você sequer cita.

    MEIO AMBIENTE: Você dá um “com pena” pro Aécio (só porque o programa da Marina é melhor) e ZERO pra Dilma, mesmo o país sendo elogiado mundialmente por combate ao desmatamento e redução da emissão de gases na atmosfera (http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/06/140604_desmatamento_relatorio_ac_hb), reduzindo 70% do desmatamento em 2013 quando comparado ao período 1996-2005? Esse esforço pra você não vale nada???

    CORRUPÇÃO E IGUALDADE SOCIAL: Um dos motivos para o PT ter nota zero é (em negrito) o histórico de corrupção e todo um texto a respeito dos mensaleiros, enquanto PSDB (que levou nota um) é citado como “não é um partido exemplo em combate a corrupção” (http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/08/entenda-o-caso-do-suposto-cartel-em-licitacoes-do-metro-em-sp-e-no-df.html); (http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,mensalao-mineiro-nao-e-igual-ao-petista-diz-aecio,56799); (http://veja.abril.com.br/idade/corrupcao/reeleicao/caso.html).
    Além disso, a atual presidenta merece nota ZERO no quesito igualdade social mesmo com o país tendo saído pela primeira vez em sua história do mapa da fome (http://www.mds.gov.br/saladeimprensa/noticias/2014/setembro/brasil-sai-do-mapa-da-fome-das-nacoes-unidas-segundo-fao), tendo atingido a menor desigualdade social da sua história (http://www.cartacapital.com.br/economia/em-2011-brasil-atingiu-menor-indice-de-desigualdade-social-da-historia) e sendo considerado um exemplo mundial de combate à pobreza (http://www.onu.org.br/programa-bolsa-familia-e-exemplo-de-erradicacao-de-pobreza-afirma-relatorio-da-onu/)???

    • Diego, como deixei bem claro, esses são os MEUS critérios de escolha e o que EU acho importante. Não voto em partido, voto em pessoa (meu candidato a senador, como outro post explica, eh do PT). O resumo dos planos está aí a quem interessar e quiser saber mais (pois duvido que 1% das pessoas leia os planos). E cada um escolhe os seus critérios de escolha, vc ou qquer outra pessoa achando certo ou não. Abraços.

    • Então, pra meio ambiente a própria matéria não cita em nada o governo Dilma, né. Ele mesmo disse que as ações começaram no governo FHC e depois foi abraçado pelo Lula. Se for considerar o “grande feito” do governo Dilma pra meio ambiente, a nota teria que ser negativa. O novíssimo Código Florestal foi só o maior retrocesso que ela poderia ter aprovado. Ela não tinha como ter caprichado mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s